"...nem todos os dias são dias de olhar feliz. Estes dias raramente nos são oferecidos (daí o seu mistério) e quase sempre têm de ser construídos, desenhados, conquistados. Nesta procura do sentir a alma plena dos reflexos doces destes dias de olhar feliz, a vida, a nossa vida, mistura dor e alegria, sofrimento e felicidade, desilusão e sonho, amargura e paixão, choro e riso, ódio e amor. Assim, quando nessa busca constante O vento te rugir e a chuva cair em massa, quando o céu te fugir e sentires o teu amor em desgraça, quando o arco-íris te mentir e a sua recordação ficar laça, lembra-tedo brilho divino que vislumbraste nesta promessa de amor eterno….Lembra-te Que o vento, a chuva, o cinzento do céu, o arco-íris, as tuas lágrimas, as tuas duvidas, todos eles fazem parte do mistério da vida. Lembra-te Como Pessoa, que: “O mistério das cousas? Sei lá o que é o mistério. Único mistério é haver quem pense no mistério.”Aí ergue os teus olhos para o firmamento e procura devagar, em paz, o caminho de regresso ao vosso arco-íris de mãos dadas com o brilho intenso e mágico (quase irreal) da mais nova de todas as estrelas do céu..." LC21/06/97

17/01/2008

17/01/2008

Por mais que desejasse que as coisas progredissem, por mais que tente manter o pensamento positivo e não cair na tentação de desistir e afundar-me em lamentações.
Sinto que a minha a energia para o conseguir está a diminuir.
Esperar, esperar e esperar, viver os dias a não tentar pensar naquilo que espero, no fundo parece que espero o dia em que esperar seja igual a normal!
Olho á minha volta e não consigo ver nada, parece que esta espera me aniquila a capacidade de apreciar o que tenho.
Um abraço, daqueles muito apertados e um olhar profundo, sem pressa, daqueles que têm o poder de irem direitinhos ao meu coração, serena-lo e convencê-lo que tudo vai correr bem. Sim é de uma abraço desses que eu estou a precisar.
Sei que também precisas de um tratamento semelhante, não está fácil pois não?
Mas tu encararas as esperas de forma diferente, aferrolhas tudo no local que só tu conheces, e tentas esquecer que estão lá. Acho que a ti o abraço apertado e o olhar sem pressa não deve chegar.

6 diga lá:

Susana Pina disse...

Então amiguinha, estás a precisar de colinho???? Então toma lá o meu...Tens o meu nº tlf. se quiseres liga-me, estou ao dispor para te dar um abracinho através da minha voz.
Amiga, força, vá...eu sei que tu tens...
Um bj com muita amizade
Susana

Maganita disse...

Deixo-te um grande abraço, bem apertadinho, para te dar força e alento para ultrapassar estes tempos de introspecção.

Um grande beijinho, amiga.

Marita disse...

Que post tão triste :(
As vezes gostava de estar mais perto de quem leio, para poder ajudar, mesmo que só com algumas palavras ou até mesmo só para partilhar o silêncio da tristeza.

Um beijinho bem rexoxudo e um abraço apertadinho e demorado.

lost disse...

Ò linda então anima-te.

Beijocas

amora disse...

Os abraços apertados e sentidos fazem muito bem à alma. Espero que o recebas de quem mais precisas.

um gde beijinho

Ferncarvalho disse...

Para algumas pessoas às vezes é difícil abrir a portinha daquele lugar escondido em que se guardam os desgostos, as dores e os lamentos, as esperanças, os sonhos e os desalentos. Então, sobra para os outros. Os que estão mesmo ali ao lado e que sofrendo, sonhando, desesperando também, bem poderiam contar com um parceiro para atravessar esse mar.
Às vezes basta um grito mais alto, um bater do pé, uma lágrima, como se fosse essa a palavra-senha que nos permite entrar e partilhar.
Espero que encontres a tua palavra-senha, linda. Caso contrário acredito que muitos mais posts como este escreverás.
Um beijo enorme e um abraço do tamanho do mundo
Fernanda

 
Design by Pocket