"...nem todos os dias são dias de olhar feliz. Estes dias raramente nos são oferecidos (daí o seu mistério) e quase sempre têm de ser construídos, desenhados, conquistados. Nesta procura do sentir a alma plena dos reflexos doces destes dias de olhar feliz, a vida, a nossa vida, mistura dor e alegria, sofrimento e felicidade, desilusão e sonho, amargura e paixão, choro e riso, ódio e amor. Assim, quando nessa busca constante O vento te rugir e a chuva cair em massa, quando o céu te fugir e sentires o teu amor em desgraça, quando o arco-íris te mentir e a sua recordação ficar laça, lembra-tedo brilho divino que vislumbraste nesta promessa de amor eterno….Lembra-te Que o vento, a chuva, o cinzento do céu, o arco-íris, as tuas lágrimas, as tuas duvidas, todos eles fazem parte do mistério da vida. Lembra-te Como Pessoa, que: “O mistério das cousas? Sei lá o que é o mistério. Único mistério é haver quem pense no mistério.”Aí ergue os teus olhos para o firmamento e procura devagar, em paz, o caminho de regresso ao vosso arco-íris de mãos dadas com o brilho intenso e mágico (quase irreal) da mais nova de todas as estrelas do céu..." LC21/06/97

19/12/2007

"Cãossoada” e outras delícias. As guloseimas indicadas para os animais

19/12/2007

Lido no Arca de Noé e indecentemente copiado por mim do blog dos bichos


Bolo-rei, filhós, sonhos, rabanadas, passas, pinhões, mousses, bolos variados, biscoitos decorados e muitos outros doces envolvem as casas portuguesas com os mais diversos aromas na quadra natalícia. Os donos ignoram a balança e os animais andam de nariz no ar e olhos fitos na dança de pratos em cima da mesa com a esperança de que toda aquela baba acumulada na boca venha ter alguma utilidade.Os doces são sem dúvida um perigo do Natal para os animais. Muitas vezes porque a azáfama do dia permite-lhe surripiar um petisco, outras porque o coração dos donos não resiste ao olhar que pede: “vá lá, só um bocadinho!”. Nada mais perigoso! Se prevê ser um dos corações derrotados, meta mãos à obra e prepare a melhor "cãossoada" que o seu animal pode imaginar.Guloseimas para os animais...Os doces que preparamos para a família podem ser veneno para os animais, por isso, em alguma circunstância dê aos bichinhos guloseimas feitas para os humanos. Alguns dos alimentos proibidos para todo o tipo de animais são:
Cebola – pode provocar anemia;
Chocolate – O grau de toxicidade do chocolate depende da concentração de teobromina. Contudo, a ingestão de chocolate infelizmente já causou a morte a cães de pequeno porte e gatos;
Alho – Existe uma grande divergência entre dar ou não alho aos animais. Para os cães, gatos e cavalos há quem defenda o alho como desparasitante. Contudo, apesar de ter uma menor concentração de thiosulphate do que a cebola, esta substância é responsável pela morte de células sanguíneas, nos animais.
Cafeína – Provoca o aceleramento do batimento cardíaco e actua de forma idêntica ao chocolate, sendo que uma dose elevada de cafeína pode levar à morte do animal.
Produtos lácteos – Os animais de estimação (cão, gato, etc.) não têm as enzimas necessárias para digerir o leite que os humanos bebem (leite de vaca). Por isso, tanto o leite de vaca, como os derivados provocam diarreias que se forem prolongadas são um sério risco para o animais. Se realmente pretende dar leite, opte por comprar o leite especial que já à venda para cães e gatos.


Aqui ficam algumas sugestões de alimentos para todos os membros da família. Não se esqueça contudo, que as guloseimas não beneficiam a saúde do seu animal e devem ser dadas esporadicamente. CãoAs guloseimas mais oferecidas aos cães são geralmente as que se compram já embaladas, sobretudo porque são práticas: não exigem tempo de preparação e duram bastante tempo. Contudo, a melhor guloseima para os cães é fruta ou vegetais. Estes petiscos têm uma preparação rápida, não roubando o tempo necessário para a confecção dos outros doces de Natal e é sempre algo que se tem em casa. Fruta, tal como maçã (sem caroço), e cenoura são as melhores hipóteses e geralmente mais apreciadas pela maioria dos caninos. Queijo fresco e requeijão são outras opções. O fiambre pode ser dado, se for apenas nestas "cãossoadas".Se decidir preparar uma refeição completa para o seu cão opte por peixe ou carne cozida, sem sal e deite um fio de azeite para apurar o paladar.Apesar de estarem presentes em quase todas as consoadas, não deixe o seu cão ter acesso a passas, uma vez que estas podem provocar problemas urinários.

Gato

O que é verdade para o cão, aplica-se também aos felinos. Contudo, podemos dizer que para os gatos, o melhor presente de natal será provavelmente a erva do gato ou erva-gateira, Nepeta cataria. Se os egípcios idolatravam o gato, a grande maioria dos gatos idolatra esta erva. Apesar de não haver efeitos secundários e por isso poder ser dada aos gatos frequentemente, os gatos podem ficar demasiados excitados numa altura em que casa já está demasiado cheia. Para os gatos que não gostam de catnip ou para os donos que preferem ter os gatos calmos durante a consoada, existem sempre as guloseimas tradicionais, fruta, queijo fresco, etc. Se for dado apenas em cada Natal, pode arriscar um pouco de salmão fumado.

Roedor

Os roedores gostam de comer e roer, por isso os vários tipo de nozes, tais como avelã, amêndoa, pinhão, noz, castanha podem inclusivamente ser dadas com casca, uma vez que ajudam ao desgaste dos dentes. Alguns animais podem não conseguir abri-las sozinhos, sobretudo os hamsters, mas os esquilos não deverão ter problemas em parti-las. As passas típicas desta altura do ano também podem ser dadas, mas atenção, porque em grandes quantidades podem provocar diarreia. Tostas ou pão torrado são boas opções, sobretudo para chinchilas que parecem adorar alimentos estaladiços. Galinha, ovo, cenoura, ervilhas e dente-de-leão são também apreciados.Com os roedores é preciso ter em especial atenção a idade. Apenas os adultos podem receber uma guloseima de vez em quando.

Réptil

Para as Iguanas existem vários tipos de alimento que podem ser dados em ocasiões especiais: amoras, morangos, uvas e hibiscus são apenas alguns exemplos de petiscos que podem de vez em quando adoçar a boca deste réptil verde. Apesar de muitos donos ainda fazerem dos camarões a base da dieta das tartarugas, o facto é que peixe ou marisco fresco é apenas uma boa guloseima, que no máximo poderá ser dado semanalmente.Ainda poucas guloseimas foram inventadas para as cobras, contudo, dependendo da espécie, algumas cobras podem ser presenteadas com um ovo de vez em quando, como por exemplo a Cobra do Milho, Elaphe Guttata Guttata. Para outras, o ovo faz parte da sua dieta base, tais como a Dasypeltis scabra (Common Egg-eater).Tal como acontece com as tartarugas, muitos Dragões Barbudos têm como alimentação base aquilo que deveria ser um petisco ocasional: tenébrio e zophobas (tenébrios gigantes). Estas duas guloseimas podem ser dadas aos dragões, mas devem constituir uma pequena percentagem dos alimentos ingeridos pelos animais.

Ave

Granívoros (comedores de sementes) – Boas guloseimas para pássaros com este tipo de alimentação são: maça (sem caroço), uvas, cenoura e romã. Dente-de-leão, espinafres e brócolos geralmente também são bem recebidos por estas aves. A laranja costuma ser popular entre estes papagaios, mas não deve passar de uma guloseima.Softbills (alimentos moles) – Aranhas e outros pequenos insectos são considerados apetitosos e podem ser recolhidos no jardim ou mesmo em casa, caso se depare com algum. Os softbills de grande tamanho podem mesmo comer “pinkies”, crias de ratos geralmente dados às cobras. As frutas são sempre apreciadas, por isso se a ave tiver uma preferida, poderá oferecer-lhe uma dose extra como guloseima. Os nectarídeos devem permanecer com a mesma dieta, bem como os insectívoros.

Cavalo

Maçãs e cenouras cortadas em comprimento são óptimas guloseimas para os cavalos. A cenoura pode ser dada mais frequentemente aos cavalos do que a maçã, uma vez que esta pode provocar problemas intestinais se dada em demasia.

Guloseimas para os donos...

Lembre-se que a necessidade de oferecer guloseimas aos animais está nos donos e não nos animais. Cães, gatos, roedores, répteis, pássaros, cavalos, etc. passam bem sem guloseimas, o que não quer dizer que não as apreciem. Contudo desde que cumpra as regras e não faça disso um hábito, a saúde do seu animal não sairá prejudicada. Não se esqueça de que existem certos riscos quando introduz uma guloseima na dieta de um animal. Para além dos óbvios perigos para a saúde se exagerar nas doses, os animais, sobretudo cães e gatos, podem ganhar “manhas”: deixar de comer a ração e passar a pedir apenas a guloseima ou ainda tornar-se “pedinchão” na altura das refeições.Os donos devem ser extremamente rígidos quando decidem presentear os animais com guloseimas: estas devem ser dadas quando o dono decide e de forma alguma podem ser um substituto da dieta base.

4 diga lá:

Susana Pina disse...

Pois, pois, o pior é o coração de mateiga dos donos...
Adorei os bons conselhos, obrigada, amiguita, já sabia de alguns, mas desconhecia a maior parte.
E quanto a fruta, vegetais e peixe...ai! ai! a minha big, só com o cheiro começa aos vómitos.
Só come ração à noite, biscoitos para cão, e arroz com frango ou carne de vaca. É muito fidalga...
Beijoquinhas para ti e bom Natal para todos aí em casa
Susana

adam disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Muito interessante este post!!!
Já sabia do chocolate mas o leite é uma novidade!!!
A minha cadelinha adora tudo no verão até melancia come a unica coisa que lhe dava desta lista era o leite agora vou ter que comprar leite próprio!

Bjs
Carla

amora disse...

Amiga, este post é muito útil. Eu não dou muita comida nossa ao meu bichano embora ele me faça pedidos mto persuasivos. Já sabia do chocolate e assustei-me mesmo quando soube que podia causar a morte. Mas o pior são mesmo os produtos lácteos porque apesar de não digerirem as proteinas do leite de vaca a verdade é que eles adoram os nossos iogurtes, papas tipo nestum, arroz doce, etc. Aí confesso que lhe dou só um bocadinho para lhe matar o desejo.

beijinhos com aroma a consoada

 
Design by Pocket