"...nem todos os dias são dias de olhar feliz. Estes dias raramente nos são oferecidos (daí o seu mistério) e quase sempre têm de ser construídos, desenhados, conquistados. Nesta procura do sentir a alma plena dos reflexos doces destes dias de olhar feliz, a vida, a nossa vida, mistura dor e alegria, sofrimento e felicidade, desilusão e sonho, amargura e paixão, choro e riso, ódio e amor. Assim, quando nessa busca constante O vento te rugir e a chuva cair em massa, quando o céu te fugir e sentires o teu amor em desgraça, quando o arco-íris te mentir e a sua recordação ficar laça, lembra-tedo brilho divino que vislumbraste nesta promessa de amor eterno….Lembra-te Que o vento, a chuva, o cinzento do céu, o arco-íris, as tuas lágrimas, as tuas duvidas, todos eles fazem parte do mistério da vida. Lembra-te Como Pessoa, que: “O mistério das cousas? Sei lá o que é o mistério. Único mistério é haver quem pense no mistério.”Aí ergue os teus olhos para o firmamento e procura devagar, em paz, o caminho de regresso ao vosso arco-íris de mãos dadas com o brilho intenso e mágico (quase irreal) da mais nova de todas as estrelas do céu..." LC21/06/97

13/12/2007

CACHORROS SÃO PÉSSIMOS PRESENTES DE NATAL

13/12/2007
Pense bem antes de dar um cão de presente...
lido no VIVAPETS.COM
Quinta, 12 de Dezembro 2002Por: Hospital Veterinário Principal

Ao contrário de muita gente aguardo ansiosamente o Natal mas também receio alguns dos seus frutos. Com tudo o que tem de bom, terá também algumas coisas de mal, a mais importante das quais para quem lida com animais será exactamente as ofertas de cães nesta época festiva.·
Apesar dos avisos que se repetem na imprensa especializada cada vez mais cães são oferecidos no Natal (e quem diz cães diz gatos, coelhos, seres vivos, mas neste artigo vamos referir-nos aos cães que são a espécie que mais sofre com a época natalícia).

É no Natal que começam as preparações dos abandonos de verão. Os pais vêm um cãozinho peludo e brincalhão como um peluche e decidem muitas vezes num impulso oferecê-lo aos seus rebentos. Depois, quando o cão começa a crescer e já não tem a graça do início e torna-se um empecilho para as férias da família nada como o deitar fora. A solução mais fácil, a forma mais prática de resolver o problema.
Primeiramente, quem tem o tempo para um filhote de cachorro durante os feriados? Os cachorros não são brinquedos mas sim seres que necessitam muito da atenção. E sobre o treinamento? Os primeiros poucos meses da vida de um cão são cruciais.·

Os maus hábitos são de longe mais fáceis de impedir do que mais tarde. Sentirá realmente como treinar o seu cão durante o inverno quando as crianças estão na escola? Pois, por curioso que pareça a melhor altura para adquirir um cão seria justamente a das férias grandes e não no inverno quando está frio, as crianças estão na escola e o trabalho aperta...No entanto nas férias as pessoas estão predispostas a sair de casa e a economizar e no Natal todo o ambiente predispõe para gastar dinheiro.

Esta situação tem uma lógica muito simples. Sendo os cães adquiridos através de uma medida de impulso e não de uma escolha ponderada sem dúvida que o grande problema será se deve ou não ter o cão se psicologicamente não se está apto e economicamente não se encontra preparado.

Olhem bem para os cachorrinhos neste Natal. Pensem que alguns deles estarão num canil ou na rua com frio dentro de alguns meses.

Este Natal não dê um cãozinho aos seus filhos somente porque eles lho vêm a pedir há bastante tempo, se não equacionou que vai ter de o manter durante cerca de 12 anos, alimentá-lo, levá-lo ao veterinário e fazê-lo feliz. Se, no entanto, tomar em conta todos os factores de responsabilidade que advêm dessa decisão vá em frente e certifique-se que o animal nunca terá razões de se arrepender de estar consigo. Vá a um canil, adopte um animal na cela da morte, faça uma boa acção.

6 diga lá:

Formiguinha disse...

Concordo plenamente. Como sabes, tenho cá em casa 5 seres vivos vítimas de abandono (um cão, uma cadela, duas gatas e uma coelha angorá - sim tb se abandonam coelhos!!!)

Definitivamente não são uma boa prenda de Natal...


Bjinhos grandes**

Van Dog disse...

Boa!

amora disse...

Ora aí está um texto bastante oportuno!

beijinhos pr ti e bom fds

Anónimo disse...

Estou totalmente de acordo contigo Inca!!!
Se pude-se adoptava todos os cães já adoptei 3, e dou de comer a 2 abandonados aqui perto do meu emprego todos os dias assim que chego sou rodeada de festas dos meus amigos de 4 patas começo logo bem o dia!!!
Deus queira que estes animais encontrem os donos que merecem!!!

BFS
Carla

Bem Me Queres disse...

Mtas vezes as pessoas esquecem-se que a chegada de um cachorro a casa implica uma mudança de hábitos. Infelizmente, só mais tarde se apercebem e cometem a atrocidade de os abandonar.
Beijocas

Pintas disse...

Amiga,
obrigada por divulgares este texto.
A minha menina já está comigo há 3 semanas e cada dia que passa olho para o ar feliz dela e quentinha na sua casotinha com 2 mantas polares.
Penso muito nos amiguinhos que ficaram no canil....
Um beijinho,
Pintas

 
Design by Pocket