"...nem todos os dias são dias de olhar feliz. Estes dias raramente nos são oferecidos (daí o seu mistério) e quase sempre têm de ser construídos, desenhados, conquistados. Nesta procura do sentir a alma plena dos reflexos doces destes dias de olhar feliz, a vida, a nossa vida, mistura dor e alegria, sofrimento e felicidade, desilusão e sonho, amargura e paixão, choro e riso, ódio e amor. Assim, quando nessa busca constante O vento te rugir e a chuva cair em massa, quando o céu te fugir e sentires o teu amor em desgraça, quando o arco-íris te mentir e a sua recordação ficar laça, lembra-tedo brilho divino que vislumbraste nesta promessa de amor eterno….Lembra-te Que o vento, a chuva, o cinzento do céu, o arco-íris, as tuas lágrimas, as tuas duvidas, todos eles fazem parte do mistério da vida. Lembra-te Como Pessoa, que: “O mistério das cousas? Sei lá o que é o mistério. Único mistério é haver quem pense no mistério.”Aí ergue os teus olhos para o firmamento e procura devagar, em paz, o caminho de regresso ao vosso arco-íris de mãos dadas com o brilho intenso e mágico (quase irreal) da mais nova de todas as estrelas do céu..." LC21/06/97

26/06/2007

Mensagem

26/06/2007
Deus

Às vezes sou o Deus que trago em mim
E então eu sou o Deus e o crente e a prece
E a imagem de marfim
Em que esse deus se esquece.

Às vezes não sou mais do que um ateu
Desse deus meu que eu sou quando me exalto.
Olho em mim todo um céu
E é um mero oco céu alto.
Fernando Pessoa
Para algumas pessoas, por vezes é muito difícil não se sentirem Deus, donas da verdade e o centro do universo, olham à sua volta (pouco), e não percebem que algumas coisas na vida, são um privilegio e não um dado adquirido, mas, o ser bafejado pelo privilégio não faz de nós melhor que os outros!
Palavra leva-as o vento.
Saber de algo sobre alguém, e atirar a pedra, sabendo que vai doer é fácil, o difícil é saber se vai mesmo doer, não doeu tanto como eu cheguei a temer. Felizmente!
Quer apenas que saibas, que nada vou dizer, sobre ti!
Dorme tranquilamente, não te preocupes.
Preocupa-te apenas com aquilo que transmites aos teus descendentes, cuida para que o feitiço não se vire contra o feiticeiro, podias magoar-te e eu teria pena!

4 diga lá:

Anónimo disse...

Lindoooos!!!
Muita gente devia ler estes poemas, talvez lhes toca-se o coração...
Fiquei muito contente por terem conseguido arranjar a boleia para o labrador!!!

Bjs
Carla

amora disse...

beijos grandes para ti

Dina disse...

Olá
Mais uma vez te vim espreitar e por tua causa novos sites visitei sobre animais e adicionei ao meu blog.
Bjo gde

Sandrita disse...

Lindo o que escreveste! :0)
Acho que ainda nunca te disse que adoro animais e sobretudo labradores... quando tiver a minha casa, um dia, quero arranjar um assim lindo :0)
Bj

 
Design by Pocket