"...nem todos os dias são dias de olhar feliz. Estes dias raramente nos são oferecidos (daí o seu mistério) e quase sempre têm de ser construídos, desenhados, conquistados. Nesta procura do sentir a alma plena dos reflexos doces destes dias de olhar feliz, a vida, a nossa vida, mistura dor e alegria, sofrimento e felicidade, desilusão e sonho, amargura e paixão, choro e riso, ódio e amor. Assim, quando nessa busca constante O vento te rugir e a chuva cair em massa, quando o céu te fugir e sentires o teu amor em desgraça, quando o arco-íris te mentir e a sua recordação ficar laça, lembra-tedo brilho divino que vislumbraste nesta promessa de amor eterno….Lembra-te Que o vento, a chuva, o cinzento do céu, o arco-íris, as tuas lágrimas, as tuas duvidas, todos eles fazem parte do mistério da vida. Lembra-te Como Pessoa, que: “O mistério das cousas? Sei lá o que é o mistério. Único mistério é haver quem pense no mistério.”Aí ergue os teus olhos para o firmamento e procura devagar, em paz, o caminho de regresso ao vosso arco-íris de mãos dadas com o brilho intenso e mágico (quase irreal) da mais nova de todas as estrelas do céu..." LC21/06/97

02/10/2008

Fases

02/10/2008
Fases lixadas, acordo cansada e sem vontade nenhuma de me levantar, no final dia as 21h já são passadas na cama. Não adormeço logo, fico a ler, ou melhor a reler um dos livros que lá andam por casa. O que se lê não é importante, importante é ter uma desculpa para ir para a cama. Sem paciência, sem vontade e sem interesse, é como me sinto, mói-me todos os dias fazer a mesma coisa, cansa-me as exigências normais da Naomi, que coitada já percebeu que a dona não anda boa companhia, não me apetece conversar mas chateia-me que não conversem comigo!? Expludo com tudo e com todos e sem quê nem para quê, claro que muitas vezes são explosões silenciosas, que posso andar irritada mas não sou tola, para mandar vir com aqueles que me podem lixar ainda mais a vida! E por isso engulo mais uns sapos para logo depois ter que vomitar mais umas maldições a meio mundo, vómitos mais ou menos silenciosos dependendo do meio mundo que é o alvo escolhido. Conto os dias da semana para ver se o fim-de-semana, chega rápido, não é que seja pra fazer alguma coisa interessante, é apenas para não fazer o normal, o rotineiro, aquilo que tenho que fazer todos os dias e que me está a sorver toda e qualquer energia e vontade seja do que for. A única vontade que sinto é a de dormir, adormecer e de não ter que fazer nada.

5 diga lá:

Ferncarvalho disse...

Ó minha querida, lamento imenso a forma como andas... Mas por vezes é assim mesmo, há fases boas e há fases menos boas. Talvez seja do começo do Outono, estação que eu sei que não te agrada lá muito. Pensa que é apenas uma fase e dá a ti própria uma mão cheia de dias para "curtires" essa fossa. ;) Mas depois, acabado o prazo, tens de te obrigar a arrebitar, e lutar para que aquele sorriso lindo regresse aos teus lábios. Por mais dificil que isso te pareça agora, é que vais ter de fazer! Se não obrigas-me a ir aí acima dar-te uma coça! Vê lá, hein? ;)
Um xi muito apertadinho e muitos beijinhos nessa tua carinha laroca
:)****

Susana Pina disse...

Sabes amiga, eu também ando assim...
Sinto-me esgotada, e também me irrito com muita facilidade. Também conto os minutos para o fim de semana e quando dou conta é domingo e ainda continuo cansada.
Também espero que seja só uma fase, quantos de nós já não as teve. Esperemos que passe depressa para voltarmos a sermos nós, cheias de garra, de vontade e a sorrir.
Um bj grande (só faltam 2 dias!!!)
Susana

Anónimo disse...

Amiga

Somente um XI-Coração do tamanho do Mundo!!!!!!

Vera

Van Dog disse...

aiaia.. às vezes acontece... Mas tem que passar! Deixa um espacinho para o ânimo entrar?

soniaq disse...

Abraço apertado.
xx

 
Design by Pocket