"...nem todos os dias são dias de olhar feliz. Estes dias raramente nos são oferecidos (daí o seu mistério) e quase sempre têm de ser construídos, desenhados, conquistados. Nesta procura do sentir a alma plena dos reflexos doces destes dias de olhar feliz, a vida, a nossa vida, mistura dor e alegria, sofrimento e felicidade, desilusão e sonho, amargura e paixão, choro e riso, ódio e amor. Assim, quando nessa busca constante O vento te rugir e a chuva cair em massa, quando o céu te fugir e sentires o teu amor em desgraça, quando o arco-íris te mentir e a sua recordação ficar laça, lembra-tedo brilho divino que vislumbraste nesta promessa de amor eterno….Lembra-te Que o vento, a chuva, o cinzento do céu, o arco-íris, as tuas lágrimas, as tuas duvidas, todos eles fazem parte do mistério da vida. Lembra-te Como Pessoa, que: “O mistério das cousas? Sei lá o que é o mistério. Único mistério é haver quem pense no mistério.”Aí ergue os teus olhos para o firmamento e procura devagar, em paz, o caminho de regresso ao vosso arco-íris de mãos dadas com o brilho intenso e mágico (quase irreal) da mais nova de todas as estrelas do céu..." LC21/06/97

18/04/2008

18/04/2008
O desafio tem tido contributos muito engraçados, eu não conhecia uma grande maioria.Estamos sempre a aprender
Aqui fica a lista actualizada:

Cada roca com seu fuso, cada terra com o seu uso.
A candeia que vai à frente alumia duas vezes.
A cavalo dado não se olha o dente
A conselho amigo, não feches o postigo.
A hora de comer é a mais pequenina
A julgar morreu um burro com albardas e tudo
A preguiça morreu de sede à beira da água.
Agosto, vento no rosto.
Água mole em pedra dura tanto bate até que fura.
Amigo verdadeiro vale mais do que dinheiro.
Cada ovelha com sua parelha/para cada panela o seu tampo
Cada terra com seu uso,
Calças brancas em Janeiro, sinal de pouco dinheiro
Camélia muito engraçada, muito bonita mas não cheira a nada
Casa de ferreiro, espeto de pau.
Casa em que não há pão, todos ralham e ninguém tem razão.
Casar em Agosto é sinal de desgosto.
Com vinagre não se apanham moscas
De pequenino é que se torce o pepino
Do cerejo ao castanho bem eu me avenho, mas do castanho ao cerejo... sabe Deus como m'eu vejo."
Do prato á boca, se perde a sopa
É como a Maria nabiça: tudo o que vê, tudo cobiça!
Em Março, esperam-se as rocas e sacham-se as hortas
Em terra de cego quem tem um olho é rei
Fiandeira não ficaste, pois em Maio não fiaste
Filho de peixe, sabe nadar
Goraz de Janeiro vale dinheiro
Guarda comer mas não guardes que fazer.
Guardado está o bocado para quem o há-de comer
Janeiro fora, mais uma hora.
Mais depressa se apanha um mentiroso do que um coxo"
Mulher honrada não tem ouvidos
Não custa jejuar depois de um bom jantar
Não há mal que sempre dure, nem bem que nunca se acabe.
Natal, salto de pardal
O comer e o coçar vão do começar
O óptimo é inimigo do bom
O seguro morreu de velho e o desconfiado ainda está vivo
O tempo é o melhor Juiz de todas as coisas.
O Vinho e o Amigo, do mais antigo.
Ovelha que berra bocado que perde
Pela boca morre o peixe
Quando chove em Agosto, não metas teu dinheiro em mosto
Quando pobre come frango, um dos dois está doente
quanto mair a subida maior é a queda"
Quem cabritos vende e cabras não tem, de algum lado lhe vêm
Quem cochicha rabo espicha!
Quem não arrisca não petisca!
Quem não quer ser lobo não lhe veste a pele
Quem não se ri ao mês, ou é tolo ou quem o fez.
Quem te manda a ti sapateiro tocar rabecão
Quem tem unhas é que toca guitarra
Quem tudo quer tudo perde
Quem vai ao mar avia-se em terra.
Quem vende sardinha come galinha
Sabe-te a broa à cortiça, mas não te sabe o pão à chouriça
Sapato branco em Janeiro é sinal de pouco dinheiro.
Seda em Janeiro, ou fantasia ou falta de dinheiro.

BFS para todos
Para a próxima semana, o tema principal são os referentes a homem/mulher, exemplo:
A mulher e a sardinha, quer-se pequenina
Homem velho com mulher nova é filhos até à cova.

3 diga lá:

Lita disse...

ihihihih!!!
Sou péssima em provérbios, mas acho-lhes piada.
Os antigos eram sábios, oh se eram...

Beijos grandes,
Lita

Em busca de uma Estrela disse...

É pá estou a ficar viciada:
Mulher sardenta, mulher rabugenta.
Homem folgazão, no trabalho sonolento.
Homem necessitado, cada ano apedrejado.
Homem pequenino, ou velhaco ou dançarino.
Homem prevenido vale por dois.

bjs

Maganita disse...

Humm...isto começa a ficar dificil... Já estou a ver que lá para o fim vais sugerir proverbios sobre dinossauros ou ovnis. lol

Cá vai:
Os homens não se medem aos palmos

Um homem atrapalhado, é pior do que uma mulher bêbeda (ah pois é!!)

Beijinhos (e esta semana o fds chega mais cedo. Yupi!!)

 
Design by Pocket