"...nem todos os dias são dias de olhar feliz. Estes dias raramente nos são oferecidos (daí o seu mistério) e quase sempre têm de ser construídos, desenhados, conquistados. Nesta procura do sentir a alma plena dos reflexos doces destes dias de olhar feliz, a vida, a nossa vida, mistura dor e alegria, sofrimento e felicidade, desilusão e sonho, amargura e paixão, choro e riso, ódio e amor. Assim, quando nessa busca constante O vento te rugir e a chuva cair em massa, quando o céu te fugir e sentires o teu amor em desgraça, quando o arco-íris te mentir e a sua recordação ficar laça, lembra-tedo brilho divino que vislumbraste nesta promessa de amor eterno….Lembra-te Que o vento, a chuva, o cinzento do céu, o arco-íris, as tuas lágrimas, as tuas duvidas, todos eles fazem parte do mistério da vida. Lembra-te Como Pessoa, que: “O mistério das cousas? Sei lá o que é o mistério. Único mistério é haver quem pense no mistério.”Aí ergue os teus olhos para o firmamento e procura devagar, em paz, o caminho de regresso ao vosso arco-íris de mãos dadas com o brilho intenso e mágico (quase irreal) da mais nova de todas as estrelas do céu..." LC21/06/97

25/09/2007

Porque também temos que falar bem

25/09/2007
Ao visitar o site da UZ (http://www.uniaozoofila.org/), descobri isto:
Optimo! menos um problema. No mesmo local também descobri isto e :

Que puder ir ao pão de açúcar das amoreiras no sabado e domingo ( 29 e 30 de Setembro) e deixar papinha para os meninos, eles agradecem, se puderem e gostarem também podem ajudar,eles também agradecem. ;O)

Ando sem vontade de escrever sobre os meus dias, ou melhor faltam-me as palavras necessárias para expressar, aquilo que sinto. Fico-me pelas intenções e acabo por deixar fechados os meus pensamentos. Por estes dias, sou só eu e os meus pensamentos, estes que ocupam uma grande parte dos meus dias, não são partilhados com ninguém. São só mesmo expressos, baixinho nos meus monólogos silenciosos, interrompidas esporadicamente apenas por algumas palavras à minha preta, que ironicamente (ou então não) é única a que eu me atrevo a expressar mais alto aquilo que penso, ela não se ri de mim nem nunca vai usar esses desabafos contra mim, não troça da insegurança nem de sonhos impossíveis, dela não tenho medo, mas de tudo resto tenho, inclusive dos pensamentos e do caminho a que eles me podem levar.

Não quero de forma nenhuma dar uma ideia de amargura e de mágoa, apenas tenho que ser cautelosa, voar baixinho que é para se cair não me aleijar muito. Não é da minha natureza deixar de querer voar, mas a vida tem-me ensinado a voar baixinho e não dar grande publicidade a esses voos, porque Eu cá não acredito em bruxas mas que as há, há.

5 diga lá:

Cocas disse...

Que bom que a empresa farmaceutica ajudou! Achei fantástico, uma acção a repitir mais vezes se necessário, ok senhores farmaceuticos?!

Se eu pudesse ia ao pão de açucar dar o meu contributo, nao custa nada no meio das comprinhas todas. Deviam fazer essa iniciativa cá no norte. Por falar nisso o que te perguntei outro dia era se conhecias alguma associação cá pelos lados do Porto que fique com animais abandonados para depois dar para adopção. Até tenho receio de me pôr a procurar...

Outro dia fui ao site da API (posso falar nisto, nao posso? Já falaram aqui...)mas nao encontrei nenhuma msg tua, deves estar com outro nome.

A fase que estás a passar( acho que já percebi) é muito dificil... ansiedade, angustia é só um bocadinho do que se sente, custa menos se tiveres um ombro amigo além da tua adorável pretinha, claro.

Quero só deixar-te aqui um abracinho muito forte e desejar-te com todo o coração que os teus sonhes se tornem reais.

Beijinhos
Cocas

Maganita disse...

Miga,
Nada como um dia a seguir ao outro...e um de cada vez...
Dias cinzentos todos temos. É normal a insegurança, o medo...não podemos ser fortes o tempo todo, às vezes também é preciso parar um pouco e respirar fundo...

Por isso toca a respirar fundo e levantar voo!!

Um grande beijinho com muito sol!!

PS - estou em falta contigo, eu sei...Já fotografei a mafarica mas ainda não descarreguei as fotos. Mas não me esqueci!

amora disse...

Amiga, eu própria te tenho sentido ausente e estranhado o teu silêncio neste momento importante da tua vida. Penso que não te preciso dizer que sempre que quiseres e precisares estarei disponível para falar contigo, por palavras escritas ou por palavras ditas. Não há pressões mas não te isoles demasiado.

beijo grande

lost disse...

Não sei muito bem o que se passa contigo, mas espero sinceramente que logo logo consigas o que queres e que a vida te ofereça momentos enormes de pura alegria.

Já agora aproveito para te agradecer, fiz o tratamento que tu me indicas-te ao meu menino e ele hoje está muito melhor, a parte da unha partida caiu sozinha e já brinca novamente.
Obrigado.
Beijinhos e cabeça levantada

Luna disse...

oi linda pelo li vi não andas nos teus melhoras dias, animo os bichos são melhores amigos do homem.
animo é so uma fase manda a trovoada embora, venha o sol
beijos
Luna

 
Design by Pocket