"...nem todos os dias são dias de olhar feliz. Estes dias raramente nos são oferecidos (daí o seu mistério) e quase sempre têm de ser construídos, desenhados, conquistados. Nesta procura do sentir a alma plena dos reflexos doces destes dias de olhar feliz, a vida, a nossa vida, mistura dor e alegria, sofrimento e felicidade, desilusão e sonho, amargura e paixão, choro e riso, ódio e amor. Assim, quando nessa busca constante O vento te rugir e a chuva cair em massa, quando o céu te fugir e sentires o teu amor em desgraça, quando o arco-íris te mentir e a sua recordação ficar laça, lembra-tedo brilho divino que vislumbraste nesta promessa de amor eterno….Lembra-te Que o vento, a chuva, o cinzento do céu, o arco-íris, as tuas lágrimas, as tuas duvidas, todos eles fazem parte do mistério da vida. Lembra-te Como Pessoa, que: “O mistério das cousas? Sei lá o que é o mistério. Único mistério é haver quem pense no mistério.”Aí ergue os teus olhos para o firmamento e procura devagar, em paz, o caminho de regresso ao vosso arco-íris de mãos dadas com o brilho intenso e mágico (quase irreal) da mais nova de todas as estrelas do céu..." LC21/06/97

05/01/2006

O Calimero

05/01/2006



"Olá!
Cá venho eu com mais um apelo para um cachorrinho.Mas desta vez não é um cachorrinho qualquer. É o Calimero, que com tãopouca idade já sofreu mais do que muitos animais sofrem uma vidainteira.Tudo começou quando fomos ao canil resgatar mais uma ninhada decachorrinhos. Quando lá chegamos encontramos 5 cachorrinhosencharcados e gelados. Até aí nada de novo. Quando começamos a pegarneles para os trazer, qual não foi o nosso espanto quando, enfiadodebaixo de todos os irmãos, literalmente esmagado por eles, estava oCalimero. Quando sentimos o cheiro dele logo vimos que algo não estavabem. Quando o levantamos vimos que tinha uma pata desfeita, umafractura exposta, o osso de fora e a ferida já podre. Além disso, doisdedos da outra pata de traz estavam partidos e em ferida, assim como aponta da cauda. Já não tinha forças para se arrastar e apenas gemiabaixinho. Pensamos que morria antes de termos tempo de chegar aoveterinário. Foi visto pelo vet, e depois de duas operações dolorosase colocação de ferros o vet concluiu que não seria possível salvar-lhea patinha, porque estava demasiado desfeita. O Calimero passou um mêsmuito difícil em casa da Carla, nos primeiros tempos não conseguiacomer, só gemia com dores, e arrastava-se penosamente para sedeslocar. Aos poucos, e graças aos cuidados da Carla, que tem sidomais que uma mãe para ele, começou a recuperar e a aprender a viversem a patinha. Começou a querer comer, brincar e explorar o mundo,primeiro hesitante e depois com muita confiança! :)O Calimero é hoje um cãozinho saudável, com todas as possibilidades deser feliz mesmo com as suas limitações. Durante esta sessão fotográfica fartou-se de correr, saltar, e brincar com alguns dosoutros residentes da casa da Carla :). Está vacinado e desparasitado,e pronto para integrar uma nova família que saiba gostar dele mesmocom as suas diferenças.
Não exige nenhum cuidado especial, a não seruma dose extra de carinho que o faça esquecer todos os tormentos porque passou. Se quiser ser o final feliz para a história do Calimero ligue para o962062810, 938406131, cscordeiro@sapo.pt ou mariapteixeira@gmail.com .
Obrigada!
Maria Pinto Teixeira"
Recebido por mail.

6 diga lá:

SusanaV disse...

so me apetece ficar com todos sabes ? :(

Esfregona disse...

eu com todos não ficava. Mas com o Calimero ficava de bom agrado... Não sou só eu que mando em casa...

sara disse...

A Maria tb me enviou esse mesmo apelo. Infelizmente, não possuo condições para dar uma família a todos aqueles que verdadeiramente desejaria... Amanhã irei fazer um apelo no cacaoccino, hoje, estou atolhada de trabalho e com a reunião semanal a começar dentro de uns 15m *snifff*

soniaq disse...

Ando muito sensível e assim que o vi, sem ter lido o post, apeteceu-me logo ficar com ele, fiquei com um nó na garganta e uma lágrimita, enfim. Adoro animais, espero que este querido Calimero encontre uma dona ou donos dignos e que lhe saibam dar todo o amor que ele precisa.
Tenho uma gata muito brava em casa e não tenho condições para ter um cão, a casa é pequena e os meus horários muito malucos, já a gata refila, quanto mais um cãozinho destes.
Boa sorte para o Calimero.
beijos na ponta do nariz

Formiguinha disse...

Ai, se eu pudesse ficava com ele! Como não posso, vou por o apelo no Blog dos Bichos. Bjinhos***

Anónimo disse...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. tooth+whitening+bleaching+denver Antidepressant moai Permanen t hair removal celebs upskirts 99 buick regal heater motor Medicare supplemental insurance nebraska Tooth whitening by tampa dentists Guns n roses leaked songs How safe is propecia Ambien and canada manufacturer+product+tooth+whitening Free hardcore black xxx Botox as treatment for headaches Obtain vardenafil hydrochloride prescription

 
Design by Pocket